Não consegue visualizar? Clique aqui

imagem

header

imagem
imagem

INFODNMS | ATIVIDADE POLÍTICA DO DEPARTAMENTO NACIONAL DAS MULHERES SOCIALISTAS | Nº 7 - MAR 2017

imagem
        imagem
        imagem
  foto imagem

Convenção Autárquica para a Igualdade

A ONU/Mulheres lançou uma iniciativa global “Por um Planeta 50-50 em 2030: um passo decisivo para a igualdade do género” em que apelou aos governos dos Estados membros para adotarem políticas e compromissos que promovam a igualdade de oportunidades entre mulheres e homens para exercerem a liderança a todos os níveis de tomada de decisão, quer na vida política como na económica e social.

O desafio lançado aos governos e à sociedade pela ONU é o de criarem um mundo verdadeiramente paritário, governado por mulheres e homens no pleno exercício dos seus direitos de cidadania. O DNMS está em sintonia com este desígnio, desenvolvendo a sua ação política no sentido do reforço da participação das mulheres na vida pública.

Em ano de eleições autárquicas, o DNMS promoveu a Convenção Autárquica para a Igualdade, onde foi lançado o debate sobre as Cidades 50-50 na perspetiva das lideranças políticas paritárias nas várias dimensões da vida das cidades e no modelo de cidade sustentável, competitiva, tecnológica, participada e inclusiva. O DNMS pretendeu ainda alargar a discussão às universidades, empresas, instituições, sociedade civil e personalidades com intervenção pública nas questões da igualdade do género e territórios inteligentes.

Este debate decorreu a 11 de março, no Centro Cultural de Belém – Sala Almada Negreiros, e contou com a participação em permanência de cerca de 250 participantes.

VEJA MAIS

 
        imagem
        imagem
  foto imagem

Presidente do DNMS defende projeto lei do PS sobre a representação equilibrada da igualdade de género no Estado e nas cotadas

A representação equilibrada de género na administração pública e nas empesas cotadas em bolsa foi o tema da intervenção da presidente do Departamento Nacional das Mulheres Socialistas no debate sobre a proposta de lei do governo e o projeto do Bloco de Esquerda. Elza Pais recordou que foi a lei da paridade aprovada em 2006 que levou a que a Assembleia da República tenha hoje 33% de deputadas e lembrou a frase da antiga primeira ministra Maria de Lurdes Pintassilgo sobre uma democracia sem paridade não ser uma democracia.

OIÇA AQUI A INTERVENÇÃO COMPLETA

 
        imagem
        imagem
  foto imagem

DFMS do Porto promove périplo no distrito para conhecer a realidade da gestão autárquica feita por mulheres

O Departamento Federativo das Mulheres Socialistas do Porto está a promover um périplo pelo distrito com o intuito de conhecer a realidade da gestão autárquica feita pelas mulheres. A primeira paragem foi em Baião onde, juntamente com Ivone Ribeiro, vice-presidente do município, foram abordados os desafios e dificuldades com que se confrontam as mulheres que exercem cargos de liderança no poder autárquico, dando a conhecer as suas prioridades. Como sugestão ficou ainda a promoção de um sistema de contactos e ligações em rede entre todas as mulheres socialistas em que as boas práticas sejam disseminadas.

VEJA MAIS

 
        imagem
        imagem
  foto imagem

DNMS condena comissária europeia Věra Jourová por defender que o assédio nos países do Sul é considerado um elogio pelas mulheres

O Departamento Nacional das Mulheres Socialistas enviou uma carta aberta à comissária europeia Věra Jourová onde se insurge contra a frase proferida pela responsável sobre as mulheres do Sul da Europa considerarem o assédio como um compliment (elogio). Na mesma carta, o DNMS enuncia as várias iniciativas legislativas aprovadas em Portugal que criminalizam a prática e onde o departamento realça que um estudo recente concluiu não haverem diferenças substanciais entre o que acontece nos países do Sul e do Norte.

VEJA MAIS

 
        imagem
        imagem
  foto imagem

A violência é uma questão grave de saúde pública defende Maria Louro

Num artigo de opinião publicado no Ação Socialista, Maria Louro defende que a violência é, antes de tudo, uma questão grave de saúde pública e como tal deve ser equacionada pelos poderes nas políticas. «É necessário perceber que a ideia contra violência deve ser substituída por uma ideia de tolerância zero à violência», defende a autora.

LEIA MAIS

 
        imagem
        imagem
  foto imagem

Comissão Política DNMS prepara Convenção Autárquica sobre a Igualdade de Género

A Comissão Política do Departamento Nacional das Mulheres Socialistas reuniu no Porto para preparar a Convenção Autárquica sobre a Igualdade de Género. Um dos objetivos da conferência é debater o novo ciclo político que se abre com as próximas eleições autárquicas, nomeadamente o processo de descentralização assumido pelo governo, com a transferência de novas competências para os municípios e freguesias e a introdução generalizada das tecnologias na vida das cidades.

VEJA MAIS

 
        imagem
        imagem
  foto imagem

PES WOMEN quer sanções para os países da UE que violem reiteradamente as metas traçadas para a Igualdade de Género

O PES Women instou a comissária europeia Věra Jourová a promover a redução das diferenças salariais entre mulheres e homens nos estados membros da UE e a monitorizar os avanços das politicas de igualdade de género, com a aplicação de sanções aos países que reiteradamente não cumpram as metas traçadas.

VEJA MAIS

 
        imagem
        imagem

2017© DNMS - DEPARTAMENTO NACIONAL DAS MULHERES SOCIALISTAS | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Largo do Rato, 2 - 1269-143 Lisboa | Telf.: 21 382 20 00 | Email: dnms.novasliderancas@ps.pt

Siga-nos em:
WWW.MULHERES.PS.PT  |  WWW.FACEBOOK.COM

 

 
Youtube Twitter Facebook